A importância das análises de água

A água é uma substância que está diretamente ligada ao surgimento da vida na terra, logo, é extremamente importante para nossa sociedade. Ela é utilizada nas mais diversas tarefas, desde o consumo para saciar a sede e manter a saúde em boas condições, até em processos industriais e na agricultura. Assim, é essencial que a água tenha sua qualidade avaliada para se adequar à finalidade da sua utilização.

Os parâmetros que indicam a qualidade da água são estabelecidos em leis, resoluções, portarias e decretos publicados por órgãos regulatórios ambientais e de saúde de diferentes níveis hierárquicos do nosso país (Federal, Estadual e Municipal), Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) e Ministério da Saúde são exemplos. Essas publicações determinam a qualidade da água conforme as características dos corpos hídricos e a finalidade da sua utilização. A Resolução Nº 357, de 17 de março de 2005, publicada pelo CONAMA, por exemplo, classifica águas doces, salinas e salobras, de acordo com sua qualidade em classes denominadas I, II, III e IV. Já a Portaria GM/MS Nº 888, de 4 de maio de 2021, indica o padrão de potabilidade para águas de consumo humano.

Além da qualidade da água para utilização, os órgãos regulatórios também estabelecem limites para o lançamento de efluentes, haja vista que um efluente não tratado pode gerar desastres catastróficos ao meio ambiente. A exemplo disso, a Resolução Nº 430, de 13 de maio de 2011, também publicada pelo CONAMA, determina o padrão de lançamento de efluentes líquidos, domésticos e industriais, em corpos receptores.

Ainda, como uma consequência dos cuidados ambientais que são ou não adquiridos por nossa sociedade, as águas recreativas devem passar por análises para verificação de sua balneabilidade, de acordo com a Resolução Nº 274, de 29 de novembro de 2000, publicada pelo CONAMA, que indica para águas doce, salinas e salobras, quais condições são necessárias para que um corpo hídrico esteja próprio ou impróprio para banho.

Para além da obrigatoriedade legal, o mercado por si só seleciona e filtra as empresas e indústrias que estão preocupadas com a qualidade da água eventualmente utilizada na produção de seus produtos, bem como se há uma preocupação deles com relação à qualidade dos efluentes que são lançados ao meio ambiente. Portanto, a análise da qualidade da água e dos efluentes se mostra de extrema importância para essa garantia.

Diante do exposto, o Laboratório Scitec está preparado para analisar grande parte dos parâmetros físico-químicos de qualidade de diferentes tipos de água/efluentes, que são estabelecidos pelos órgãos regulatórios, como determinação de pH, condutividade, fluoreto, cloreto, nitrogênio amoniacal, sólidos totais, entre outros, assim como para parâmetros microbiológicos como coliformes totais, coliformes fecais, Escherichia coli, etc. Para tal, a Scitec conta com uma equipe altamente qualificada, seguindo metodologias de referências internacionais e com equipamentos da melhor qualidade.

Menu